quarta-feira, 20 de junho de 2012

O casal e a fé

O casamento é algo sublime e de suprema importância

O casamento é algo sublime e de suprema importância. Se o matrimônio não estiver bem alicerçado, segundo a Palavra de Deus, o casal pode até perder a salvação. Notamos que muitos desanimam na fé quando se juntam com pessoas que não possuem a mesma fé.

Vejamos o exemplo de um recém-casado: durante a lua-de-mel, o casal se conhece fisicamente. Porém, logo em seguida, vem o dia a dia, onde não estará mais em lua-de-mel.

É exatamente nesse momento que os valores espirituais estarão em destaque.

Se um tem o Espírito de Deus e o outro não; se um é água e o outro é óleo; se um anda nas trevas e o outro na luz, a confusão está formada. Sem compatibilidade, torna-se difícil essa união permanecer. Se um quer ir à igreja e o outro não, haverá divisão, separação. Uma casa dividida não subsiste.

Para o casamento dar certo, é necessário que os dois tenham o mesmo objetivo, e orientamos que não haja muita diferença de idade e nem de nível intelectual. Porém, para os que já se casaram, dou o meu próprio testemunho. Se eu e a Ester tivéssemos uma fé distinta, quando eu orasse e ela visse, haveria divisão. Havendo a mesma fé, há respeito. Podemos orar juntos sem problemas. Muitas coisas extraordinárias já aconteceram através da minha oração unida com a dela.

O Espírito Santo é quem tem de dirigir a sua vida. Cabe à pessoa buscar essa direção. Então, Ele lhe dirá o que deve ou não ser feito.

“Quando vier, porém, o Espírito da verdade, ele vos guiará a toda a verdade; porque não falará por si mesmo, mas dirá tudo o que tiver ouvido e vos anunciará as coisas que hão de vir.” 
(João 16.13)

Deus abençoe a todos.

EXTRAÍDO DAS MENSAGENS DO Bispo Edir Macedo





Um comentário:

  1. Senhor Bispo eu tenciono seguir estes conceilhos de Deus;para meu futuro.Que O Senhor Eispirito Santo dirija minha alma.

    ResponderExcluir