segunda-feira, 18 de fevereiro de 2013

COMO VENCER O MEDO?

               
Ao falarmos a respeito do medo, o primeiro personagem bíblico que nos vem à cabeça é Gideão. Ele foi um grande herói, porém, antes de vencer as batalhas e trazer grande livramento a seu povo, teve que primeiramente vencer seu medo. Então, veio o Anjo do Senhor, e assentou-se debaixo do carvalho que está em Ofra, que pertencia a Joás,
abiezrita; e Gideão, seu filho, estava malhando o trigo no lagar, para o pôr a salvo dos midianitas.” (Juízes 6.11).

Este versículo demonstra o medo que Gideão sentia de seus inimigos, pois ao invés de malhar o trigo ao ar livre como se deve fazer, estava escondido no lagar, que é onde se produz vinho.
Mas se por um lado Gideão temia seus inimigos, por outro não deixava de lutar, ou seja, continuava malhando seu trigo, e isto certamente chamou a atenção de Deus.
“Então, o Anjo do Senhor lhe apareceu e lhe disse: O Senhor é contigo, homem valente. Respondeu-lhe
Gideão: Ai, senhor meu! Se o Senhor é conosco, porque nos sobreveio tudo isto? E que é feito de todas as suas maravilhas que nossos pais nos contaram, dizendo: Não nos fez o Senhor subir do Egito? Porém, agora, o Senhor nos desamparou e nos entregou nas  mãos dos midianitas.” (Juízes 6.12,13).

Nesta passagem, já vemos uma atitude de coragem por parte de Gideão, quando questionou aquilo que o Anjo lhe disse. Sua fala demonstrou uma revolta contra aquela situação. Por isso, no versículo seguinte, o Senhor se voltou para ele e disse: “...Vai nessa tua força e livra Israel da mão dos midianitas; porventura, não te enviei eu?
Mas, diante das Palavras de Deus, voltou Gideão a expressar seu medo dizendo: “...Ai, Senhor meu! Com que livrarei Israel? Eis que a minha família é a mais pobre em Manassés, e eu, o menor na casa de meu pai.” (Juízes 6.15). 

Apesar de Gideão desejar uma mudança, faltava-lhe coragem para agir. Mesmo diante das palavras do Anjo, o medo resistia, fazendo-o olhar somente para a sua falta de condições.
Mesmo sendo o enviado de Deus para livrar o povo, Gideão necessitava de preparo, pois necessitava vencer seu medo, assim como cada um de nós. Todos os seres humanos têm medos, receios e obstáculos que precisam ser ultrapassados. Mas, como vencê-los?

Somente através da fé é que podemos enfrentar as adversidades da vida e vencer, antes de mais nada, nossas próprias dificuldades. Deus preparou Gideão para a batalha, quando provou a sua fé.
Naquela mesma noite, lhe disse o Senhor: Toma um boi que pertence a teu pai, a saber, o segundo boi de sete anos, e derriba o altar de Baal que é de teu pai, e corta o poste-ídolo que está junto ao altar.
(Juízes 6.25).

Quando Gideão venceu seu medo e ofereceu a Deus aquilo que havia sido determinado, é que pôde alcançar a vitória. Gideão colocou em primeiro lugar a sua fé em Deus, ao oferecer a Ele o seu futuro, o sustento de sua família.

Em nossa luta diária, é irreal pensarmos que não enfrentaremos situações de medo e fraqueza, porém, o que fará a diferença entre o vitorioso e o derrotado é confrontar e vencer os medos que surgem, vestindo-nos com a armadura de Deus, que só pode ser alcançada pela materialização
da nossa fé.

Deus abençoe a todos abundantemente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário