terça-feira, 26 de março de 2013

3º dia do Jejum de Daniel: Certeza absoluta

                        
Ah! Se o meu povo Me escutasse, se Israel andasse nos Meus caminhos! Eu de pronto, lhe abateria o inimigo e deitaria mão contra os adversários” (Salmos 81.13,14). Acabará
Em outras palavras, o Senhor está falando que, se dermos ouvidos á Sua voz, Ele acabará com todas as mazelas que trazem angústia e dor: depressão, medo, tristeza, síndrome do pânico, dívidas, paixão não correspondida que causa extrema infelicidade no amor etc.

Quando á vida sentimental, que é o motivo do sofrimento de muita gente nos dias de hoje, haja vista o grande sucesso das redes de relacionamentos, vale a pena dizer que há pessoas que já conquistaram todos os bens materiais que o seu dinheiro pôde pagar, e estão bem-sucedidas pelo seu sucesso profissional, intelectual e independência financeira que conquistaram. Contudo, são interiormente vazias porque não amam e não são amadas. São pessoas que, apesar deste amplo sucesso, têm o coração sedento, como um poço sem fundo.

Pessoas assim usaram ou têm usado todo o seu entendimento e capacidade de raciocínio para construir um império, mas não usam para construir um relacionamento com Deus e com o Espírito Santo. Há os que dizem: “ Mas eu sou pecador, como posso ser intimo de Deus?”. Quanto a isto, sabemos que todos são pecadores e podem conjugar o verbo pecar. O Único na qual não houve pecado é o Senhor Jesus.
Contudo, Ele não Se preocupa com os pecados cometidos pelos homens, o que Ele quer é que o ser humano dê ouvidos a Sua Palavra.

O desejo de Deus, que vemos expresso no versículo acima, é o mesmo de muitos pais que fazem de tudo para serem ouvidos pelos filhos, para que estes não sofram e sejam livres de todo o mal.
Se você quer o Espírito Santo, precisa atentar para os pensamentos e para os convites do Senhor que diz: “Ah! Se o meu povo Me escutasse (...). Eu, de pronto, lhe abateria o inimigo e deitaria mão contra os seus adversários. Eu o sustentaria com o trigo mais fino e o saciaria com o mel que escorre da rocha” (Salmos 81.13,14,16). Há um hino muito antigo que diz que Deus tem um plano para cada criatura; que as ondas O ouvem e as aves lhe obedecem. O que nos leva á reflexão de que toda a natureza ouve a Deus e lhe obedece prontamente, menos o homem.

O Espírito Santo Se importa com todas as almas aflitas e quer livra a todas, mas precisa que a pessoa faça a parte que lhe cabe. Quando o Espírito Santo encontra espaço para concluir a Sua obra, dá a pessoa a mais absoluta certeza de ter sido possuída por Ele. No momento desta, a pessoa poderá rir e chorar ao mesmo tempo. Isto, apesar de possível, é o que menos importa. O que realmente importa é a certeza absoluta que ela recebe de ter sido possuída por Ele.

fonte: Livro Jejum de Daniel

                                                              
                                                               

Nenhum comentário:

Postar um comentário