domingo, 24 de março de 2013

Homens da Bíblia: Caim


Ele matou seu irmão por inveja

 A história de Caim e Abel é o primeiro homicídio da humanidade de que se tem conhecimento. Mas como tudo aconteceu?
Em um momento de oferta ao Senhor, a Palavra diz que Deus se agradou mais do que Abel entregou (Gênesis 4:4-5). Por causa disso Caim ficou irado a ponto de tirar a vida de seu irmão (Gênesis 4:6-8).
Quando Deus pergunta a Caim onde estava seu irmão Abel, ele ainda foi cínico dizendo que não era dono de Abel para saber de seu paradeiro (Gênesis 4:9). E tomando consciência do seu pecado, Caim disse que seu pecado não teria perdão, que sairia da presença Dele e que desejava ser morto por quem o encontrasse (Gênesis 4:13-15).

A abertura para o pecado

Assim como Caim, quantas vezes o pecado consegue domar a sua vida? São vontades, invejas, raivas, sentimentos incontroláveis capazes de o levar a ter atitudes erradas e que podem trazer grandes consequências para sempre.
O que faltou a Caim foi obedecer a Deus, buscar-Lo, dominando sua carne, seus pensamentos e atitudes. Ele se deixou levar por uma raiva momentânea que atingiu toda a sua geração (Gênesis 4:16-24).
Caim é um exemplo do que não devemos ser, pensar e fazer. Foi um homem invejoso e que não deu abertura para ser tratado.

Há tantos “Caim” por aí. Aquelas pessoas que se colocam sempre em posição de vítima, de que o dele é melhor, mas que não foi reconhecido e fica indignado por causa disso. Em vez de parar e observar a situação, se o erro não é dele, simplesmente quer fazer justiça com as próprias mãos.
Ao contrário de Caim, é preciso estar mais aberto para ser corrigido, para ver o quanto está errado e o quanto pode melhorar, sem colocar culpa ou ter inveja do outro.
Que os “Caim” aprendam a ser cada vez mais “Abel” agradando a Deus com o seu melhor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário