sexta-feira, 22 de março de 2013

Jejum de Daniel: dicas de desintoxicação V

Desintoxique-se da fraqueza

A fraqueza pode revelar-se em diferentes circunstâncias, mas torna-se evidente especialmente quando a pessoa diz crer em Deus, mas recua diante de uma decisão que tem de tomar. Ela, simplesmente, não tem coragem para sacrificar e diz: “não posso…”; “não consigo…”; “é difícil para mim…”, e, quando faz, faz pela metade, com fraqueza, ora, evangeliza, vai à igreja, dá oferta, jejua, trabalha, estuda, mas nunca conclui nada, porque é fraca, e pior, todos à sua volta lhe dizem: “o teu deus é fraco!”
“O SENHOR é a minha luz e a minha salvação, de quem terei medo? O SENHOR é a fortaleza da minha vida; a quem temerei? (…) Ainda que um exército se acampe contra mim, não se atemorizará o meu coração; e se estourar contra mim a guerra, ainda assim terei confiança.” Salmos 22.1 e 3

Desintoxique-se da idolatria

Ao contrário do que se pensa, a idolatria não se verifica apenas em relação à imagens de santos ou efígies, na verdade, o amor e a confiança excessiva em algo ou alguém, seja quem for, é uma forma de idolatria. Colocar sempre em primeiro plano na sua vida um objetivo, bem material e até mesmo um familiar é um obstáculo para a pessoa se apegar totalmente a Deus.
“Não terás outros deuses diante de mim. Não farás para ti imagem de escultura, nem semelhança alguma do que há em cima nos céus, nem embaixo na terra, nem nas águas debaixo da terra.” Êxodo 20.3-4

Nenhum comentário:

Postar um comentário