terça-feira, 19 de março de 2013

Não reclame, mude o caminho

                     
Certo dia, um bezerro precisou atravessar uma floresta para voltar a seu pasto. Sendo um animal irracional, abriu uma trilha cheia de curvas, subindo e descendo colinas.

No dia seguinte, um cão que passava por ali usou essa mesma trilha para atravessar a floresta. Depois, foi a vez de um carneiro, líder de um rebanho, que fez seus companheiros seguirem pela trilha torta. 

Mais tarde, os homens começaram a usar esse caminho; viravam à direita, à esquerda, fazendo quase um ziguezague, reclamando e praguejando até com certa razão... Mas não faziam nada para mudar a trilha.

 Muitos anos se passaram e a estradinha tornou-se a rua principal de um vilarejo e, posteriormente, a avenida principal de uma cidade. e por ela passam diariamente milhares de pessoas, seguindo a mesma trilha torta feita pelo bezerro centenas de anos atrás. 

Nós temos a tendência de seguir como cegos pelas trilhas de bezerros, criadas em nossas mentes, e fazemos muito pouco para mudar. Ora, as rotinas de trabalho são como trilhas a serem seguidas. Se você verificar que o caminho traçado é incoerente, faça algo para mudar e construa uma trilha mais curta e racional. Todos ganham quando o trabalho é feito com mais agilidade e em menos tempo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário