sábado, 13 de abril de 2013

Os humildes de espírito

                 
“Bem-aventurados os humildes de espírito, porque deles é o reino dos céus”. Mateus 5.3
A humildade de espírito não tem nada a ver com pobreza ou miséria. Esta humildade de espírito esta relacionada à condição espiritual da pessoa.
O exemplo de lúcifer  é o mais evidente nas sagradas escrituras de queda, devido à perda desta humildade de espírito. Por causa disso ele acabou sendo dominado por este orgulho, que nasceu dentro do seu coração.

 “Na multiplicação do teu comercio, se encheu o teu interior de violência (...). Elevou-se o teu coração por causa da tua formosura, corrompeste a tua sabedoria por causa do teu resplendor;... Ezequiel 28.16-17
E por causa deste orgulho já não foi achado lugar no céu para lúcifer, pois o reino de Deus e só para os humildes, que reconhecem a soberania do SENHOR JESUS.
Tem muitos cristãos permitindo que esta semente maldita (ORGULHO) nasça, cresça e produza fruto dentro de si. Levando-os a cegueira espiritual.

O orgulho cega a pessoa: ... Visto que se eleva o teu coração, e dizes: Eu sou Deus, sobre a cadeira de Deus me assento... Ezequiel 28.2
Muitos servos têm perdido esta condição pela falta da humildade de espírito por se tornarem senhores de si mesmos.
O Senhor Jesus só e Senhor dos humildes. Somente estes o reconhecem como Senhor de suas vidas.
Infelizmente, hoje temos visto surgir muitos falsos profetas e apóstolos não somente cheios e dominados pelo orgulho mas também de mágoa e rancor, contra a obra de Deus, a exemplo de lúcifer.
E aqueles que ouvem esses “profetas e apóstolos.”, se tornam servos de si mesmo e acima de tudo de lúcifer.

Lembre-se: Quem a si mesmo se exaltar será humilhado; e que a si mesmo se humilhar será exaltado.
Mateus 23.12.
Que Deus abençoe a todos abundantemente.
                                                                                                                             
                                                                                                                                Pastor. Edison Avelino

Nenhum comentário:

Postar um comentário