terça-feira, 21 de maio de 2013

Membros da Universal podem namorar pessoas de outras igrejas?

                     
Muitos fiéis desejam uma união feliz, mas não se dão conta que para isso é preciso concordância entre o casal
A Igreja Universal do Reino de Deus não interfere nas escolhas e decisões de seus respectivos membros. Porém, há de se analisar que um casamento bem-sucedido acontece quando, além do amor, ambos compartilham do mesmo objetivo de vida e, principalmente, da mesma fé. 

Imagine como seria, num domingo pela manhã, o casal saindo de casa para ir à igreja e, em vez de buscarem juntos a presença de Deus, cada um vai para um lado. Pense também no caso de uma discussão de assuntos doutrinários: a  esposa aprendeu que não pode usar maquiagem ou cortar o cabelo, já o marido quer que ela ande bem arrumada. Ou, então, o homem entende que a doença, miséria e problemas são provações de Deus, e a mulher, frequentadora da IURD, não aceita os males, porque sabe que são frutos de forças malignas. 

Resumindo: um acredita que deve "esperar em Deus", e o outro aprende que "tem que tomar atitude". Diante dos exemplos citados, como suportar tamanho conflito?
A Bíblia é bem clara sobre este assunto quando diz: 

"Andarão dois juntos, se não houver entre eles acordo?" Amós 3.3 
Veja o vídeo em que o bispo Macedo atribui a felicidade conjugal de 40 anos ao fato do casal ter “santos que se cruzam" e entenda mais a sobre o tema:




fonte: arcauniversal.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário