segunda-feira, 13 de maio de 2013

O significado de algumas expressões bíblicas

                    
- Jurar com a mão sob a coxa (Gênesis 24:2; 47:29-31): Significava então submissão, obediência irrestrita. Por isso, Deus tocou a coxa de Jacó. Dali para  a frente Jacó tornou-se outro.

-  Rasgar as vestes (Gênesis 37:34): Era demonstração de luto, lamento, tristeza. Os sacerdotes não podiam fazer isso (Levíticos 10:6) o de Mateus 26:65, o fez sem razão. Havia regras para isso.

- Semeadura de sal: Significava desolação perpétua sobre o local. Castigo perene. Veja Juízes 9:45.

- Por a aba da capa sobre alguém (Ester 3:9): Significava proteção. Aqui tratava-se da lei do levirato (Deuteronômio 25:5-10).

- Um odre na fumaça (Salmos 119:83): Odres são vasilhas feitas de peles para o transporte de líquidos. Eram postos sobre a fumaça para ficarem endurecidos pelo calor e fumaça. Também aumentava a espessura do couro através do encolhimento. Fala do estado de alma de Davi.

- Maria desposada com José (Mateus 1:18): O termo significa noivos, Veja Deuternônomio 20:7; 22:23,24.

- Um casamento Oriental (Mateus 25:1-13): As núpcias duravam 7 dias ou mais. A união definitiva do casal só se dava no último dia. A lua de mel durava um ano! (Deuteronômio 24:5).

- O caminho de um sábado (Atos 1:2): Era o caminho permitido no dia de sábado, a distância que ia da extremidade do arraial das tribos ao tabernáculo, quando no deserto, cerca de 1.200 metros.

- Brasas sobre a cabeça do inimigo (Romanos 12:20): Veja Levíticos 16:12, quando o sacerdote fazia expiação, incluindo o incensário cheio de brasas. A expiação satisfazia a justiça de Deus, promovendo a reconciliação do homem com Ele.

- A saudação (Lucas 10:4): A troca de expressões formais e certas poses que eram feitas na saudação entre os judeus tomavam algum tempo. Daí a recomendação de Jesus.

- O vinho na cruz (Mateus 27:34; Marcos 15:23; João 19:30): Tal praxe era usada para tornar as vítimas insensíveis antes da morte. Jesus recusou sofrendo a morte em estado de plena consciência. Em João 19:30, já na hora da morte, tomou o vinagre. João foi o discípulo que ficou com o Mestre até a última hora.

- Cingir, Cingir os lombos: Por à cintura, apertar ligar, vestir. Veja Salmos 18:5; Lucas 12:35; Juízes 3:16; Provérbios 31:17; Isaías 11:5, etc..

- Achar Graça (Gênesis 6:8, Lucas 1:30): Graça, não é apenas um favor que se recebe, mas também que se dispensa, achar Graça diante do Senhor é receber e dispensar favores a Deus.

- Vestir-se de saco: Falava de humilhação diante do Senhor. Veja I Reis 20:31, Neemias 9:1, Ester 4:1, Salmos 35:13, Jonas 3:5, etc. Era um tecido grosso fabricado de pelo de bode. Usado pelos que pranteavam. Veja Jacó em Gênesis 37:47, Davi em II Samuel 3:31. Também chamado cilício, era de cor negra (Apocalipse 6:12).

Fonte: Introdução Bíblica - J. Cabral

Nenhum comentário:

Postar um comentário