segunda-feira, 1 de julho de 2013

Acabou o namoro: E agora, como seguir?

               
É muito comum, nos dias de hoje, o namoro acabar porque uma das partes descobre que não era bem aquilo que queria. O namoro cristão não foge a essa realidade. Embora a postura de um relacionamento entre pessoas convertidas a Cristo seja bem diferente, é preciso entender que o amor entre duas pessoas tem muito a ver com a personalidade. O que agrada ou desagrada no jeito de ser de cada um.

Com o fim do namoro se vão os sonhos, planos e certezas. Fica um espaço vazio; quem partiu pode ter valorizado muito quem ficou. Dessa forma, é natural, e quase que constante, o pensamento de que você só será valorizado aos olhos daquela pessoa. As recordações passam a alimentar sentimentos que não são bons.

O tempo é o melhor remédio, nesse período não é sábio se envolver com ninguém, pois o coração precisa ser tratado de todos os machucados e fechadas todas as feridas. Não são poucas as pessoas que tentam esquecer um relacionamento se envolvendo em um outro. Essa atitude é egoísta e cruel.

O resultado disso é claro: uma frustração sem tamanho. Alguém que ainda não está curado, possivelmente compara o relacionamento atual com o anterior. Sendo assim, acaba levando os mesmos erros para a nova relação.

Essa é a hora de transferir o vinho para o odre novo e essa função ninguém faz melhor do que Deus. Só Ele conhece o coração do homem e suas necessidades.

Embora esse primeiro momento seja difícil, é preciso levantar a cabeça, sacudir a poeira e dar a volta por cima. Alguns bons amigos podem ajudar, mas o consolo e a restauração são da alçada de Deus.

Uma grande poça de água não tem beleza alguma enquanto há tempestade, mas após a forte chuva é possível contemplar o seu reflexo. Da mesma forma é a vida sentimental. Enquanto se está impaciente com os acontecimentos, nada anda. Quando, porém, há mansidão e entendimento, é possível extrair o que aquela relação deixou de bom e seguir em frente de cabeça erguida.

Embora algumas pessoas não compreendam de imediato; de alguma forma, todo relacionamento trás um crescimento emocional. É importante que se reflita sobre o fato de que experimentar um novo relacionamento sem amor, pode ser pior que a solidão.

Um comentário:

  1. É isso aí. Estou passando exatamente por isso e está sendo bastante difícil pra mim.

    ResponderExcluir