segunda-feira, 15 de julho de 2013

O papel de cada um na família – parte III

                
O PAPEL PRINCIPAL DOS FILHOS
Recapitulando as mensagens anteriores: O papel principal do marido e pai é ser o provedor da família; o da esposa e mãe é de cuidar e promover a paz em casa. Então, qual é o papel principal dos filhos em relação à família?
Como o próprio Deus revelou nos Dez Mandamentos, o que é mais esperado dos filhos é que honrem aos pais.

E o que é honrar os pais? Uma olhadinha no dicionário nos dá uma rápida idéia. ‘Honrar’ significa, entre outros: considerar com grande respeito, não desmerecer de, citar com louvor os feitos ou merecimentos de alguém, cumprir uma obrigação ou acordo, admirar, valorizar, prestar reconhecimento em público, obedecer, ser fiel á, atingir a expectativa, reconhecer, exaltar.

Você que é filho ou filha, olhe bem para a lista acima. Você pode dizer que tem honrado seus pais?
É bem verdade que há pais que devido ao mau exemplo que dão não inspiram nos filhos o desejo de honrá-los. Com pode o filho honrar um pai adúltero ou uma mãe alcoólatra, por exemplo? Mas mesmo em casos assim, a melhor opção para o bom filho ou filha é determinar que NÃO SERÁ como o pai ou mãe com respeito ao mau exemplo. Essa é a melhor honra que lhe pode dar.

Agora veja bem. No mundo os filhos são motivados a desprezarem os pais, rebelarem contra eles, e até ridicularizá-los. Só por aí o jovem e a jovem de Deus devem já perceber que este não é o caminho a seguir.
A título de esclarecimento, porém, fique claro que honrar pai e mãe não significa abdicar a própria independência e individualidade. É um desejo e direito legítimo de um filho buscar desenvolver seu potencial conforme sua própria fé. Os pais não devem obrigar que o filho seja advogado, por exemplo, quando o que ele realmente quer é ser engenheiro. Não se deve confundir honra com capricho.

Nenhum comentário:

Postar um comentário