domingo, 21 de julho de 2013

Os Demônios de Whitney Houston

                
Quando a repórter americana Diane Sawyer perguntou a Whitney Houston qual era o “pior demônio” de sua vida, ela esperava uma resposta como “cocaína”, “pílulas”, “álcool” ou alguma outra droga. Mas a resposta de Whitney durante a entrevista feita 2002 foi: “O maior demônio sou eu. Eu sou minha melhor amiga ou pior inimiga.”

A resposta dela foi parcialmente correta. Havia sim um demônio. Mas não era ela.
Embora a causa exata da morte da cantora ainda está para ser anunciada, vamos considerar alguns fatos conhecidos e indiscutíveis sobre Houston:

Quando criança ela frequentava uma igreja, onde cresceu e aprendeu a cantar
Ela dizia abertamente acreditar em Deus
Ela disse (na entrevista a Diane) que orava todos os dias
Portanto, ela conhecia a Palavra de Deus
Ela era viciada em drogas
Havia sido admitida em uma clínica de reabilitação pela terceira vez no ano passado
Ela tinha passado a noite anterior a sua morte bebendo em uma boate
Bebidas alcoólicas e medicamentos foram encontrados no quarto do hotel onde foi encontrada morta

Você vê alguma contradição nos pontos acima? A mais óbvia, é claro, nos faz perguntar: como é que uma pessoa que cria tanto em Deus e conhecia a Bíblia pôde ser vencida por um vício? São as drogas mais poderosas do que a fé? Será que Deus ignorou as orações de Houston?
Essas perguntas podem até abalar a fé de alguns. Outros diriam que o vício das drogas é tão forte que nem mesmo a fé em Deus não pode superá-lo. Porém, uma pessoa que realmente crê em Deus não pode acreditar em tal declaração. Então o que aconteceu, na verdade?
Não basta acreditar em Deus. Você também precisa saber que o diabo existe (e que não é você), e que precisa enfrentá-lo.

Infelizmente, ou Whitney Houston não sabia disso, ou se sabia, nunca aprendeu como lutar contra aqueles demônios. E é isso o que me deixa mais revoltado: saber que o que para ela foi impossível, é na verdade algo tão simples para aqueles que verdadeiramente conhecem a Deus.
Há muitos cristãos que vivem cantando canções cheias de esperança, enchendo-se de conhecimento da Bíblia, mas que são totalmente ignorantes de um dos ensinamentos mais básicos do Senhor Jesus:
Se, porém, eu expulso os demônios pelo dedo de Deus, certamente, é chegado o reino de Deus sobre vós. Quando o valente, bem armado, guarda a sua própria casa, ficam em segurança todos os seus bens. Sobrevindo, porém, um mais valente do que ele, vence-o, tira-lhe a armadura em que confiava e lhe divide os despojos. Lucas 11:20-22
Quer dizer, uma das condições para que o reino de Deus entre numa pessoa é que quaisquer demônios que já habitem naquela vida – chame-os de demônios, drogas, depressão, traumas, encostos, ou do que quiser — devem ser expulsos primeiro.
Quanto mais cedo você entender que existem demônios que disputam sua alma, e que você tem que ser mais forte para combatê-los e vencê-los, mais cedo você será verdadeiramente livre.

                    

     Fonte: www.renatocardoso.com

6 comentários:

  1. De fato é uma luta espiritual

    ResponderExcluir
  2. Parabéns Pr. por seus esclarecimentos espirituais como homem de Deus concordo plenamente.

    ResponderExcluir
  3. pr como fazemos para expulsarmos demônios, drogas, depressão, traumas, encostos, ou do que quiser — devem ser expulsos primeiro.?

    ResponderExcluir
  4. Concordo plenamente com o Pastor, foi muito feliz na explicação!!

    ResponderExcluir
  5. Nunca vi tanta imbecilidade e ignorância ao apresentar este micro estudo referindo aquela cantora. És versado em ilusão teológica. Errais por não conhecer o poder de Deus.

    ResponderExcluir