segunda-feira, 22 de julho de 2013

Seja lá o que for

                       
Siga a listinha que pode ajudar no convívio do casal
Mulheres são constantemente mal compreendidas pelos homens, e vice-versa. Não é que um tenha vindo de Marte e o outro de Vênus, mas é que fomos criados diferentes, para que um completasse o outro. Você jamais poderia completar um quebra-cabeça se todas as peças fossem iguais. Esta é a beleza do casamento: Somos diferentes um do outro; contudo, fomos feitos um para o outro.

Existem muitas maneiras de sermos compreensíveis mesmo não entendendo o outro completamente. Esta é a parte mais difícil no casamento, mas, uma vez que você cumpre essa tarefa, todo o resto é fácil. Alguns casais demoram anos para chegar a esse estágio e alguns acabam se separando, pois são incapazes de se entenderem. Por isso, resolvi fazer uma pequena lista de coisas que podem facilitar em muito o convívio de um casal. São elas:

1. Se imagine no lugar dele. É muito fácil criticar uma pessoa quando você não sabe o que está acontecendo com ela. Muitos maridos esperam muito de suas esposas; muitas esposas esperam toda a atenção de seus maridos, quando tudo em que eles conseguem pensar é o que farão para pagar o aluguel. Se você conseguir se imaginar no lugar de seu marido, provavelmente conseguirá entendê-lo e ajudá-lo melhor.

2. Ponha o seu orgulho de lado. Esta característica do ser humano é a chave para a infelicidade na vida amorosa. O orgulho nos impede de ver os nossos próprios erros; não conseguimos perdoar e somos capazes de guardar mágoa para sempre e nunca nos reconciliarmos. Para que sejamos felizes, temos que jogar o nosso orgulho no lixo – ponto final. Casamento com orgulho não funciona, nunca funcionou e nunca vai funcionar. Se você quer entender o seu marido, esta é a primeira tarefa na sua lista de afazeres.

3. Seja honesta e converse. Não espere que ele tome a iniciativa de resolver um mal-entendido. Seja a primeira a falar sobre o problema; ponha as cartas sobre a mesa, seja transparente. Só assim é que ele vai entendê-la. Em geral, os homens esperam que suas esposas percebam o quanto estão decepcionados; as mulheres, por sua vez, esperam que seus maridos percebam o quanto estão infelizes. O único problema é que as mulheres não reconhecem que estão erradas e os homens não entendem o que se passa com suas esposas! Por isso, seja honesta. Fale para ele o que você está sentindo.

4. Fale na hora certa. Espere pelo momento apropriado para perguntar ou conversar com o seu marido. Não importa o quanto vocês se amem, se o assunto for discutido na hora errada, acabarão brigando. Seja sábia e escolha o momento oportuno para falar sobre finanças ou coisas que você precisa ou gostaria de ter. Muitas são as mulheres que, por não saberem esperar até o dia seguinte, ficaram sozinhas pelo resto da vida.

5. Dê uma chance a Deus. Ele entende vocês dois.

Trecho do livro "Melhor do que Comprar Sapatos", de Cristiane Cardoso / Foto: Thinkstock


                                                       Obs: Conheça o blogue Pequena Jóia

Nenhum comentário:

Postar um comentário