terça-feira, 6 de agosto de 2013

Posso me separar?

                      

Dúvida rodeia mente de muitas pessoas que não sabem o que fazer diante de desilusões amorosas
Deus é totalmente contra o divórcio, mas, como o casamento tem sido desvalorizado por muitos nos dias de hoje, Ele nos ensina que, caso haja adultério, a esposa ou o esposo pode optar pelo divórcio. Mateus 5.31

Há o caso também de algumas esposas que vivem sendo constantemente agredidas ou abandonadas pelos seus respectivos maridos, vivendo dias infelizes e suportando o fardo da religiosidade por entenderem que:

"Portanto, o que Deus ajuntou não separe o homem." Marcos 10.9

Realmente, quando Deus une um casal, ambos passam a ser uma só pessoa, uma só carne, sendo impossível a separação. Porém, e quando o casamento não foi "ajuntado" por Deus? E quando motivados pelo ímpeto das emoções e do engano do coração apaixonado, sem medir consequências, ambos firmam o casamento e, após caírem em si, descobrem o grande erro que cometeram?

Neste caso, já que a união não foi feita por Deus e sim por vontade do casal, a decisão é pessoal e depende da fé de cada um escolher o que fazer.

É fato que quando um casal é unido pelo Verdadeiro Amor (Ahava), que vem de Deus e que simboliza a entrega total e incondicional de um para o outro, ambos serão felizes e jamais haverá a separação.

"Porque Deus amou ao mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo o que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna." João 3.16

Use a sua fé inteligente e seja feliz.

Nenhum comentário:

Postar um comentário