terça-feira, 27 de janeiro de 2015

600 pessoas morrem no Templo de Salomão

                       
Entenda o que aconteceu
Mesmo alarmante, o título desta matéria é verídico e nos traz uma profunda reflexão sobre a vida neste mundo e o que virá após a morte.

Neste domingo (24), após receberem um convite como este que você está prestes a ler, mais de 600 pessoas aceitaram a proposta de não simplesmente "aceitarem Jesus", como é comum entre os que se dizem cristãos, mas de se submeter à obediência incondicional da vontade de Deus, para assim serem aceitos por Ele.

Após a reunião que aconteceu às 10 da manhã no Templo de Salomão (região central de São Paulo), uma grande fila se formou e aos poucos todos foram passando pelo batistério (foto abaixo) e recebendo o batismo por imersão do corpo nas águas.

Apesar do costume religioso em nosso país, o verdadeiro batismo de uma pessoa somente acontece quando ela, conscientemente, decide abandonar a velha vida, "morrer" para os desejos carnais deste mundo e passar a ter uma vida e comportamento renovados diante de Deus e da sociedade.

Qual preço você está disposto a pagar?

Essa atitude não é meramente simbólica ou para adicionar novos adeptos a determinada Igreja. O Senhor Jesus disse que “quem crer e for batizado será salvo; quem, porém, não crer será condenado” (Marcos 16.16).

O batismo precisa vir junto com a fé da entrega total da velha vida para que a pessoa possa receber de Deus uma nova vida e a promessa da Salvação. Quem não concordar com isso, infelizmente pagará o preço com a própria vida quando "atravessar o portão da morte".

Jesus só poderá levar ao Paraíso e, consequentemente, a uma Vida Eterna de paz, os que aceitarem e obedecerem essa determinação.

Quer começar uma nova vida com Deus?

Então você pode, agora mesmo, decidir entregar-se a Ele. Deixe um comentário dizendo sobre sua decisão e procure a Universal mais próxima e solicite o batismo nas águas. Com certeza você não irá se arrepender.

Assista ao vídeo com as imagens do batistério e um convite especial:

                   

Fonte: universal.org

Nenhum comentário:

Postar um comentário